FÓRUM GLADIADORES DF - Quem luta não briga!
Olá, Seja Bem Vindo!
Para que possa visuualizar qualquer post do Fórum é necessário que seja registrado, caso já seja basta fazer o login.
Grato,
Administração Gladiadores DF
Conectar-se

Esqueci minha senha

Os membros mais ativos do mês

Votação

Que tipo de treino prefera?

37% 37% [ 7 ]
5% 5% [ 1 ]
5% 5% [ 1 ]
37% 37% [ 7 ]
16% 16% [ 3 ]

Total dos votos : 19

Parceiros
Buscar
 
 

Resultados por:
 


Rechercher Busca avançada


Espirito guerreiro : "Hoje é um bom dia para morrer!"

Ir em baixo

Espirito guerreiro : "Hoje é um bom dia para morrer!"

Mensagem  Admin em Sex Jan 06, 2012 6:25 am

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


“Hoje é um bom dia para morrer!” – Com este pensamento o Samurai começava seu dia e o interessante é que esta maneira de pensar era justamente o que o trazia de volta para casa com vida. Em uma entrevista que assisti há algum tempo, Rickson Gracie respondia a um repórter que ele entrava em um ringue pronto para “matar ou morrer”, que ali (no ringue) ele não pensava em nada a não ser no combate.

Curiosamente este modo de pensar de Rickson que se igualava ao dos guerreiros antigos do Japão. Diz a tradição que os samurais viviam para morrer. Eles viviam intensamente cada dia como se fosse o último (e muitas vezes era mesmo). Essa “falta de apego” com a própria vida era que dava ao samurai sua melhor arma pois, não temendo a morte, o samurai libertava-se de todos os temores de uma batalha. Mantendo a mente calma e limpa podendo, assim, concentrar-se inteiramente na luta corpo-a-corpo com seu oponente.

Por outro lado temos o guerreiro que deseja a todo custo sobreviver, que tem medo de machucar-se ou medo de morrer. Eu mesmo já entrei em lutas de Jiu-Jítsu com receio da derrota, o que acabou por ofuscar minha visão. Foi como se, ao temer perder, eu já entrasse no combate derrotado. Conclusão: Na cultura ocidental é o medo que nos impede de fazer algo estúpido e acabar nos dando mal, mas para o samurai do Japão feudal esse medo era seu pior oponente, podendo coloca-los (assim como ocorreu comigo) em desvantagem frente a um oponente que não teme o resultado e se entrega de corpo e alma ao combate.

A Bibliografia: The art of the samurai, Yamamoto Tsunetomo’s Hagakure nos diz que: “… o guerreiro que mais despreza a vida é o que reúne melhores condições para a manter, enquanto que aquele que tenta a todo o custo mantê-la será o que menos condições reúne para a preservar. É esse o paradoxo do samurai, e, por extensão, de todo o guerreiro, numa situação de luta corpo-a-corpo.”

“Aqueles que tem uma mente conturbada, uma mente de discórdia, já foram derrotados desde o começo.” - Morihei Ueshiba

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Oss!

_________________
Administrador - Gladiadores DF
Oss!
avatar
Admin
Administrador
Administrador

Mensagens : 122
Pontos : 5420
Reputação : 1
Data de inscrição : 24/08/2011

http://gladiadoresdf.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum